3 dicas para montar um Cardápio de reeducação alimentar

Cardápio de reeducação alimentarA melhor forma de emagrecer sem correr o risco do efeito sanfona é montando um cardápio de reeducação alimentar.

Só assim é possível continuar comendo tudo, nas medidas corretas, sem precisar correr para as cirurgias, remédios para emagrecer e alcançando de uma vez os resultados definitivos.

Não existe nenhuma dúvida, o cardápio de reeducação alimentar é a melhor receita para ter uma vida saudável e alcançar o peso dos sonhos.

Engana-se quem acredita que segui-la é uma tarefa difícil, mas não, essa receita se baseia em alimentos saudáveis como verduras, legumes, frutas e carnes magras no lugar de refrigerantes, biscoitos, fast food com frequência e todas essas guloseimas.

Mas, calma, isso não significa que você nunca mais poderá comer o que ama, porque cá entre nós, boa parte das coisas que engordam são gostosas, não é mesmo?

Só significa que agora todas as coisas que você comer serão ingeridas corretamente, e em relação às comidas não saudáveis, não poderá comê-las todo dia.

Agora, conheças as melhores e mais funcionais dicas para montar um cardápio de reeducação alimentar.

3 dicas para criar um cardápio de reeducação alimentar

Reeducação alimentar com água aromatizada1 – Beba dois litros de água diariamente

Com certeza você já ouviu essa dica para outros métodos saudáveis, como para emagrecer e manter o corpo hidratado.

Isso tem um porque, afinal, a água além de não possuir calorias ainda limpa todas as toxinas do nosso corpo, o que facilita a desintoxicação.

Resumindo: água não pode faltar em um cardápio de reeducação alimentar.

O ideal é tomar no mínimo 2 litros de água em um dia, quem não está acostumado e tem dificuldade de ingerir tudo isso em um único dia, pode colocar frutas para dar um gosto na água, como rodelas de laranja ou limão,  ou até mesmo espremer meio limão em uma garrafa  de água gelada.

2 – Horários corretos para comer

Você sabia que a correria do dia a dia é um dos motivos para engordarmos e não conseguirmos manter um cardápio de reeducação alimentar?

Pois é, para estar em dia com a saúde e com o corpo, é preciso comer de 3 em horas, dessa forma o nível de glicose no corpo se mantém estável e você também sente menos fome ao longo do dia.

Para ter resultados, comendo a cada 3 horas, é preciso consumir menos do que você está acostumado a cada refeição, contando café da manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia.

3 – Reeducando o paladar

Para que você tenha capacidade para escolher melhor os alimentos do dia a dia, é preciso reeducar o seu paladar.

As saladas, legumes, sopas e até mesmo água passam a ser mais saborosos quando você deixa de lado os alimentos industrializados que são recheados de substâncias que intensificam o sabor e aromatizantes.

Caso não goste de algum alimento, mas tem a noção de que ele é importante porque possui muitas vitaminas e menos calorias do que outro alimento, por exemplo, procure experimentá-lo diversas vezes.

O tempero pode te ajudar a ingerir cada comida. Dica extra: tente cozinhar os seus legumes com o acompanhamento de dentes de alho amassados e uma folha de louro.

Uma dieta balanceada, com uma reeducação alimentar e orientada por um especialista que te acompanhe de perto é a maneira mais fácil de emagrecer e também melhorar a saúde.

Sabe a regra da alimentação colorida que escutamos quando crianças? Ela é real.

Confira mais dicas no meu ebook Primeiro Passo para Emagrecer, clique aqui e saiba mais!

Reeducação alimentar - cardápio

Precisando Emagrecer?

Confira minhas dicas exclusivas e comece a perder peso agora mesmo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *